Aparelho transforma resíduos orgânicos em gás de cozinha




Uma startup israelense pretende disponibilizar uma máquina que transforma lixo orgânico em energia. A Homebiogas está atualmente em processo de financiamento coletivo para custear sua produção. O conversor terá capacidade de gerar gás suficiente para cozinhar de duas a quatro horas por dia. Com isso, poderá produzir até oito litros de fertilizante. No total, ele consegue processar até seis litros de resto de comida por dia ou 15 litros de esterco de animal de estimação. Além de fazer o upcycle de orgânicos, a tecnologia é fácil de usar e de carregar. Se você tem interesse no produto, pode reservá-lo por U$ 890 por meio do financiamento coletivo. Após o fim da campanha de crowdfunding, o preço subirá para U$ 1.500. Até hoje já foram instalados mais de 1.500 unidades, que estão funcionando perfeitamente há mais de um ano.

Homebiogas

      A unidade transformadora de energia pode receber, por dia, até seis litros de restos de alimentos ou ainda 15 litros de adubo animal. Neste último caso, o “Homebiogas” também irá transformar o adubo em biogás para utilização da família. Outro detalhe divulgado pela startup é que a unidade tem a capacidade de transformar um quilo de restos alimentares em 200 litros de gás renovável. Esta energia é mais do que suficiente para suportar uma hora de cozimento. Outro ponto que chama a atenção é que além do valor ambiental inquestionável, o “Homebiogas” também apresenta um design moderno e muito fácil de operar. O equipamento pesa cerca de 40 quilos e sua altura é pouco mais de um metro, com largura proporcional para instalação em qualquer ambiente.

Confira o vídeo!

Mais informações na página oficial da Homebiogas: www.homebiogas.com

Fonte: Catraca Livre

André Marcelo

Notívago por natureza. Sagitariano apaixonado por viagens improvisadas que provocam o contato com a história e com a natureza. Amante da música, do teatro, do cinema. Das dezenas de coisas que já fiz, me amasiei com a produção cultural. Uma vida experimentando novas formas de expressão e relacionamento comigo mesmo e com o mundo.

facebook comments:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *